ADMINISTRAÇÃO - FACE

FÓRUM CRIADO PARA INTERAÇÃO DOS ESTUDANTES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACE
 
InícioInício  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Glossário de Estrangeirismos

Ir em baixo 
AutorMensagem
Aurélio
Admin
avatar

Número de Mensagens : 52
Idade : 35
Localização : Valença - BA
Data de inscrição : 14/02/2008

MensagemAssunto: Glossário de Estrangeirismos   Qui Fev 21, 2008 6:00 pm

Glossário de Estrangeirismos


Benchmarking: comparação do desempenho de produtos e processos com os de empresas líderes.
Best practices: práticas melhores.
Best-seller: livros, CDs e DVDs cuja vendagem é expressivamente bem-sucedida.
Bluetooth: é uma tecnologia de baixo custo para a comunicação sem fio entre dispositivos eletrônicos de mesma tecnologia a pequenas distâncias.
Brainstorming: tempestade de idéias.
Branding: divulgação da marca junto aos mais diferentes públicos.
Business to business: negócio entre empresas.
Cases: caso, estojo, embalagem.
Checklist: lista dos itens que devem ser verificados quanto a sua obediência a padrões previamente estabelecidos, seja de quantidade, de qualidade ou ambos.
Coaching: treinamento.
Commodities: produto padronizado, primário como: papel, milho, feijão, etc.
Compliance: agir de acordo com uma regra, um pedido ou um comando.
Contact Center: central de atendimento.
Data-show: projetor multimídia.
Deal: lidar com, tratar, negociar.
Display: mostruário.
Dock: significa doca – parte abrigada de um porto, dispondo de cais acostável onde se podem recolher embarcações para fugir do mau tempo ou para carregar e descarregar. Por extensão de sentido significa encaixar, ajustar.
Dry wash: Lavagem a seco
E-bit: um site que tem por finalidade fornecer uma espécie de avaliação pública do vendedor de produtos via internet.
E-book: livro eletrônico.
Expert: especialista; perito.
Expertise: habilidade, experiência.
Fast-food: comida rápida, pré-preparada.
Feedback: retorno da informação ou do processo ao indivíduo a fim de que os procedimentos de trabalho sejam analisados e corrigidos.
Flash: programa específico para filmes, software.
Flipchart: quadro branco em que se escreve durante uma apresentação.
Follow-up: processo de acompanhamento do desempenho de produto ou serviço após sua venda em organização e métodos, arquivo de prosseguimento.
Glamour: Charme; encanto pessoal.
Happy hour: momento de relaxamento, de distração.
Housecall: Central de atendimento.
Insight: compreensão súbita de uma situação, comportamento ou atitude.
IPod: é uma marca registrada e refere-se a uma série de players de áudio digital.
Jingle: canção de curta duração feita para divulgar produtos, serviços, marcas, campanhas políticas.
Job opportunity: oportunidade de emprego.
Kibutz: cooperativa comunitária israelita.
Layout: esboço da posição relativa das ilustrações, títulos e textos; disposição do espaço dentro do ponto-de-venda.
Lean manufacturing: tipo de produção em que se usa menos pessoal, menos espaço, menos investimentos em ferramentas e menos tempo de desenvolvimento de um novo produto.
Link: conexão.
Lovemark: marca apreciada.
Mailing: lista de nomes de possíveis clientes; cadastro de clientes.
Marketeer: profissionais das áreas de marketing, pesquisa comercial, propaganda, relações públicas, etc.
Media training: é uma das ferramentas de comunicação que oferece maior conhecimento das regras do jogo nos bastidores do jornalismo, a fim de preparar quem deseja se expor nos veículos de comunicação.
Merchandising: ação promocional ligada a presença física do produto; material de comunicação cujo objetivo é aumentar o rendimento da propaganda do produto.
Mix: composto, misto.
Modstream: trata-se de uma conexão sem fio que faz um stream (córrego literalmente) de informações.
Newsletter: boletim informativo.
Notebook: microcomputador compacto.
Overnight: taxa de juros para operações financeiras de curtíssimo prazo.
Premium: produto ou serviço de qualidade e preço superior. Brinde, objeto ou serviço dado ao consumidor que cumpre determinada condição da promoção.
Sell in/push: conjunto de iniciativas do produtor ou vendedor para convencer o cliente a comprar o produto – push (empurrar).
Sell out/pull: liquidação; venda do varejista ao cliente final; saídas das mercadorias da loja – pull (puxar).
Share of market: participação no mercado.
Share of pocket: participação no bolso do cliente.
Show-room: loja ou escritório montado para exibir a linha de produtos e marcas de uma empresa, destinada a revendedores, distribuidores, varejistas e até consumidores finais.
Slogan: frase curta, geralmente incisiva, apregoando um serviço, produto ou idéia.
Software: conjunto de programas ou instruções colocados num computador.
To plan, to do, to check, to act: planejar, fazer, revisar, agir.
Touch screen: toque de tela.
Trademarketing: atividade integrada, que tem como objetivo planejar os canais de venda e os clientes-chaves, com a mesma eficácia e metodologia com que são gerenciados os produtos isolados.
Trading-up: artifício que procura valorizar um produto já no mercado, através do lançamento de outro semelhante com preço e qualidade mais altos.
Turnover: rotatividade da força de trabalho num processo de produção. Substituição de pessoal que interrompe a relação de trabalho.
Walkman: pequeno aparelho de rádio ou toca-fitas portátil, utilizado por meio de fones de ouvido.
Workshop: oficina.



Referências Bibliográficas
• TAVARES, PERROTTI, Alan. Dicionário de Termos de Marketing. ed. Atlas.
• ALVES, Fernando. Dicionário de Estrangeirismos Correntes na Língua Portuguesa. ed. Atlas.
• Wikipedia (on-line)
• Tradução Livre (Talita Ferreira)
• MARTINS, Eduardo. Manual de Redação e Estilo. ed. Moderna.
• www.dictionary.cambridge.org
• Dicionário Houaiss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://admface.forum-livre.com
 
Glossário de Estrangeirismos
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ADMINISTRAÇÃO - FACE :: Área Geral :: Mural de Recados - Alunos e Professores-
Ir para: